Aparece por aqui sempre que puder!

terça-feira, 24 de maio de 2011

Deixando a ansiedade

ansiedade

Hey peoples!

Eu estava ansioso pra publicar esse post! Uhsahushuhsausahhasusau

Até por que faz tempo que num posto aki no blog neh!! Eh eu sei gente!! Mas eh que o negocio tá complicado... muita coisa, pouco tempo!

E muita coisa e pouco tempo, causa até uma ansiedade... E é o tema de hoje >> Ansiedade!

Nós jovens somos ansiosos por natureza neh!... e isso vem lá da época da pré-adolescência, onde já queremos assumir responsabilidades maiores sem nem ter condições pra isso, queremos acabar logo os estudos básicos pra “se ver livre” de estudar, queremos ser chamados de “jovens” o mais rápido possível.

E então quando chega a juventude, já queremos ser adultos...

A Ansiedade vai acumulando, e nem só dessa forma, mas também ansiedade por emprego, por uma vida financeira melhor, um relacionamento que não está muito bem, ansiedade pra encontrar os amigos, etc...

O problema da ansiedade é que gera outras coisas que não são legais, como angústia e tristeza por exemplo.

E aí que Jesus entra, Ele não quer ver você angustiado ou triste.

Na bíblia encontramos palavras de conforto para os ansiosos de plantão:

Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.(1 pedro 5:7)

Viu só?! É Toda ansiedade, se tem algo que te deixa ansioso conte pra Deus, é claro que Ele já sabe, mas Ele quer que você diga!

E mais essa palavra aqui é uma das minhas preferidas, pois Jesus usa a lógica pra explicar sobre ansiedade e preocupação, e o que é confiar em Deus, da uma olhada:

Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa?

Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?

Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?

Por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles. Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, não vestirá muito mais a vocês, homens de pequena fé?

Portanto, não se preocupem, dizendo: 'Que vamos comer?' ou 'Que vamos beber?' ou 'Que vamos vestir?' Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas.

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.

Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.

Nesse trecho Jesus aponta três necessidades básicas para o ser humano: comida, bebida e roupa.

Sem comida, sem água e sem proteção, ninguém sobrevive por muito tempo. É válido, portanto, que nos alimentemos, bebamos e nos protejamos. É válido que trabalhemos para comprar alimento e água e para morar e nos locomover.

O problema começa quando, satisfeitas as nossas necessidades, nós ficamos tão preocupados que começamos a acumular pão, água e roupa, em quantidades que jamais conseguiremos consumir. Na verdade, o problema é quando ter estes bens para satisfazer as nossas necessidades se torna em si mesmo uma necessidade: então, criamos outra necessidade: a necessidade de ter: então, nossa vida perde o rumo, perde o objetivo, perde o foco: então, tomamos o lugar de Deus como o provedor e nos tornamos nós mesmos os provedores, às vezes daquilo que não precisamos objetivamente, e sim supostamente.

Para uma vida de tranqüilidade, livre da ansiedade ou com a ansiedade sob controle, precisamos de uma visão de Deus. Nossa ansiedade cresce quando perdemos a visão de Deus.

Quando temos uma visão de Deus, estamos prontos para buscar o Reino dEle como a escolha primeira de nossas vidas; estamos próximos de deixar para amanhã as preocupações que devem ser tidas amanhã, pois cada dia deve ser vivido na sua própria intensidade.

Busque o Reino de Deus em primeiro lugar.

Tem problemas? Dificuldades? Provações? Falta alguma coisa? Olhe para o Senhor! Clame, busque, pague o preço de uma vida santa, reta e justa. Seja íntimo de Deus!

(”Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.” Fp 4.6)

E isso Aê!

Fiquem na paz!

Patrickh Santos

0 comentários:

Postar um comentário

COMENTA AÊ!

Seu comentario será postado assim que for moderado!

Twitter Facebook Favorites More