Aparece por aqui sempre que puder!

sábado, 12 de março de 2011

No fundo do poço - [ Parte 1 ]



E aew Peoples !

Semana tumultuada, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, na faculdade voltei com força total, to estudando como nunca estudei, na igreja eu to na luta tentando colocar algumas coisas pra funcionarem, minha vida financeira está em um estado caótico, e estou longe da família, e alem disso tudo o Diabo está vindo com todo seu arsenal de guerra pra cima de mim, mas o Maior e melhor está do meu lado e a guerra já ta ganha antes mesmo de terminar, resta apenas, lutar... Mas eu sou feliz por que Cristo vive em mim!

Como vocês podem ver todo mundo tem problemas né? Eh ou num eh?

Quem não tem problemas grita “EEEEEEEEEEEEEEEE”:

- cri.....cri...cri...cri.

Um dia desses, eu estava conversando com uma amiga que mora longe pelo Messenger(msn), eram  altas horas da madrugada e estávamos lá gastando papo a toa, quando resolvemos falar de problemas, ai ela começou a me contar algumas coisas sobre a vida dela e como ela estava se sentindo espiritualmente, como estava a vida dela com Deus. E resumindo a melhor expressão que define como esta a vida dela é:

Ela esta no fundo do poço!

Bom eu já estive lá e num é nada bom.

Mas o que é estar no fundo do poço?

Fundo do poço é quando você se sente preso, sem solução, tudo parece estar perdido, e você não consegue sair dali, tudo parece impossível,uma  prisão solitária onde esta apenas você e Deus .

No fundo do poço, não temos como olhar para os lados e nem para baixo, apenas para cima e você só 
espera que a ajuda venha lá de cima.

Opa! Aprendemos então uma lição importante, quando estamos com problemas, olhe para cima, a ajuda virá de cima, a ajuda virá de Deus.

Pra terminar essa parte 1 , que é apenas uma introdução do conteúdo real que quero compartilhar com vocês nessa serie de posts, deixo uma historia antiga, mas pouco conhecida, sobre> Não se deixe soterrar:

Conta-se que um fazendeiro, que lutava com muitas dificuldades, possuía alguns cavalos para ajudar no trabalho de sua fazenda. 

Um dia, o capataz lhe trouxe a notícia que um de seus cavalos havia caído num velho poço abandonado. 

O buraco era muito fundo e seria difícil tirar o animal de lá. O fazendeiro avaliou a situação e certificou-se de que o cavalo estava vivo. Mas pela dificuldade e o alto custo para retirá-lo do fundo do poço, decidiu que não valia a pena investir no resgate. 

Chamou o capataz e ordenou que sacrificasse o animal soterrando-o ali mesmo. O capataz chamou alguns empregados e orientou-os para que jogassem terra sobre o cavalo até que o encobrissem totalmente e o poço não oferecesse mais perigo aos outros animais. 

No entanto, na medida que a terra caía sobre seu dorso, o cavalo se sacudia e a derrubava no chão e ia pisando sobre ela. 

Logo os homens perceberam que o animal não se deixava soterrar, mas, ao contrário, estava subindo à medida que a terra caía, até que , finalmente, conseguiu sair...". 

Muitas vezes nós nos sentimos como se estivéssemos no fundo do poço e, de quebra, ainda temos a impressão de que estão tentando nos soterrar para sempre. É como se o mundo jogasse sobre nós a terra da incompreensão, da falta de oportunidade, da desvalorização, do desprezo e da indiferença. Nesses momentos difíceis, é importante que lembremos da lição profunda da história do cavalo e façamos a nossa parte para sair da dificuldade. 

Afinal, se permitimos chegar ao fundo do poço, só nos restam duas opções: 

Ou nos servimos dele como ponto de apoio para o impulso que nos levará ao topo; - Ou nos deixamos ficar ali até que a morte nos encontre. É importante que, se estamos nos sentindo soterrar, sacudamos a terra e a aproveitemos para subir. 
Ademais, em todas as situações difíceis que enfrentamos na vida, temos o apoio incondicional de Deus, do qual podemos nos aproximar através da oração. 

Autor desconhecido
 

Eh isso aew povo!

Parte 2 >> Clica aqui!

No amor de Jesus,

Patrickh Santos

0 comentários:

Postar um comentário

COMENTA AÊ!

Seu comentario será postado assim que for moderado!

Twitter Facebook Favorites More