Aparece por aqui sempre que puder!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Vida de solteiro

Segue abaixo um texto que uma pessoua*..(kkk). me mandou ontem por e-mail. Muito edificante, vale a pena ler!     *(hehe... obrigado Pâmela vlw mesmo!) 

Lah vai o texto>>

De toda uma faculdade, a única que ainda não tinha casado era Larissa. Justamente por isso, ela detestava ir às reuniões que os colegas programavam. Aliás, em quase todas as festas de sua família ou mesmo naquelas oferecidas pelos amigos, Larissa comparecia sozinha, enquanto a maioria estava acompanhada pelo marido, esposa, noivo, namorado etc.

Certo dia, lendo uma revista uma manchete chamou sua atenção: “Diga adeus a solidão! Eis sua chance de encontrar sua alma gêmea”! Imediatamente ela começou a ler o artigo, que convenientemente trazia no final o nome e telefones de rapazes e moças interessados em conhecer alguém especial. A descrição de um rapaz chamou sua atenção: “Empresário, ótima situação financeira, porte atlético, em forma, olhos verdes, alto, romântico, 34 anos deseja conhecer uma jovem de 22 a 30 anos para futuro compromisso. “Larissa não resistiu e resolveu arriscar, marcando encontro com um desconhecido, na tentativa de deixar para trás a solidão e a depressão que sentia por estar solteira.

Infelizmente muitas pessoas solteiras não conseguem entender que esse período de sua vida pode ser muito rico e gratificante. Em geral depois de certa idade quase todos resetem o fato de estarem solteiros e perdem a oportunidade de extrair o melhor dessa fase. A pessoa solteira não possui muitos encargos como a casada, tem mais tempo para sim mesma e para envolver projetos, inclusive espirituais, tem mais tempo para aprofundar seu relacionamento com Deus e outras pessoas, entre outras coisas. Por outro lado, não podemos esquecer que os solteiros são carentes de:

Compreensão: Quantas e quantas vezes são cobrados. “Você ainda está solteira(o)?” Por melhor que seja o bom humor e a cordialidade da pessoa, perguntas como essa não ajudam em nada. Ao contrário, só machucam e irritam.

Companheirismo: Ela sente falta de alguém com quem possa se descobrir, ser autêntica, Um(a)Cúmplice, um(a) companheiro(a) de verdade, alguém que seja íntimo de sua alma.

Toque: Apesar de aceitar e levar a sério o padrão da bíblia  de que o sexo fora do casamento é pecado, ela anseia por realizas-se nessa área, sente falta do toque do sexo oposto e, quando está triste e deprimida, as vezes chega a questionar sua fé.

Qual é a solução para as pessoas solteiras? Em primeiro lugar elas precisam descobrir que o vazio que sentem está em sua alma. O casamento é bom, um presente de Deus, mas não é uma garantia de felicidade pra ninguém. Aqueles que esperam que se cônjuge supra todas as sua necessidades emocionais, físicas, espirituais e intelectuais se decepcionam, Por sermos humanos, somos todos falhos. Somente o amor de 

Deus é capaz de suprir todas as nossas carências.

A pessoa pode encontrar a realização que procura através de sua própria capacidade, dons e talentos. Ao desenvolver um relacionamento profundo e constante com o Senhor, ela também perceberá que é possível encontrar a felicidade e a estabilidade interior mesmo se ser casada(o).

                      Texto retirado da Bíblia da Família  Estudos de Jaime e Judith Kemp


---------------------------------------------------- |  |  -----------------------------------------------

0 comentários:

Postar um comentário

COMENTA AÊ!

Seu comentario será postado assim que for moderado!

Twitter Facebook Favorites More